Uma quarta revolução industrial?

O blockchain vai mudar o mundo como conhecemos hoje, atingindo especialmente alguns segmentos. Conheça 16 áreas que já estão sendo impactadas diretamente por essa tecnologia, que é amparada por um banco de dados virtual

9.jpg

1. Sistema financeiro: Se a internet colocou as comunicações em xeque, o blockchain tem o potencial de repetir a façanha com as instituições financeiras. O acesso a contas bancárias e a pagamentos acontece na rede, independentemente de fronteiras, com segurança, e sem a necessidade de um intermediário – e suas taxas. As empresas estão reagindo e apostando em sistemas em rede e criptografados. Enquanto isso, sistemas de financiamento em crowdfunding já se apoiam em blockchain.

2. Cyber segurança: Sem o blockchain, não existiriam, por exemplo, as criptomoedas. A sacada dessa tecnologia está em garantir a segurança com base na participação ativa dos usuários, sem que nenhum tenha mais poder de acesso do que os demais. Sistemas de segurança para diferentes áreas, como a Internet das Coisas, aprenderam com o blockchain e estão investindo em cadeias de blocos com criptografia.

3. Logística: Um banco de dados descentralizado, monitorado 100% do tempo, pode ser fundamental para agilizar o monitoramento e aumentar a eficiência das entregas de bens e produtos, em todas as etapas da cadeia de distribuição.

4. Prospecção: Os setores de análise, pesquisa, consultoria e prospecção vão mudar com a disseminação de ferramentas de previsão de mercado.

5. Internet das Coisas: Não será mais necessário um servidor central para gerenciar diferentes objetivos ligados à rede, de geladeiras a carros. Com o blockchain, a rede se torna mais sólida e segura.

6. Seguros: Com os bancos de dados baseados em blockchain, acessar o cadastro dos usuários, incluindo seu histórico, vai ficar mais rápido e vai facilitar o desenvolvimento de produtos e contratos para suprir demandas personalizadas.

7. Transporte privado: Com o blockchain, não será mais necessário recorrer a aplicativos para contratar um serviço de táxi ou de carona. Os usuários e os donos dos veículos poderão negociar diretamente, em uma plataforma segura.

8. Armazenamento de dados: Um sistema descentralizado é mais difícil de hackear e menos sujeito a erro humano. Por isso, o setor de gerenciamento e armazenamento de informações tende a migrar para sistemas em blockchain.

9. Caridade: A distribuição de ajuda humanitária sempre está sujeita a corrupção e perdas causadas por ineficiência na distribuição. Por isso mesmo, sistemas de monitoramento em blockchain são o futuro desse mercado.

10. Votações: O registro de eleitores e partidos e a apuração de votos costumam estar sujeitos a suspeitas de adulteração, mesmo em democracias consolidadas como os Estados Unidos. Plataformas baseadas em cadeias de blocos criptografadas oferecem uma excelente solução para o problema.

11. Sistemas de governo: As redes de computadores e as plataformas utilizadas para gerir governos, ministérios, secretarias, hospitais e escolas públicas, e para distribuir salários e aposentadorias, costumam ser lentos e amplamente sujeitos a fraudes. Sistemas descentralizados, públicos e seguros seriam muito mais difíceis de manipular. Resultado: mais transparência, menos burocracia.

12. Planos de saúde: Assim como o setor de seguros, é uma área que depende de confiança mútua entre quem paga e quem presta os serviços. Redes em blockchain garantiriam maior segurança na relação, e diminuiriam a quantidade de processos internos necessários para, por exemplo, aprovar um procedimento.

13. Distribuição de energia: Nunca foi possível adquirir energia sem depender de intermediários, até agora. Projetos inovadores começam a estimular a aquisição de energia com base no uso de criptomoedas.

14. Música e entretenimento: Bandas, escritores e produtores de vídeo já podem negociar diretamente com os usuários, sem a necessidade de se apoiar em gravadoras, editoras ou distribuidoras.

15. Varejo: Em vez de ir ao mercado, que tal comprar, online, frutas de um produtor, bebidas de outro, e produtos de limpeza de outros dois diferentes vendedores, tudo numa plataforma segura? Esse é o futuro que o blockchain oferece.

16. Mercado imobiliário: O blockchain pode se transformar na base de sistemas de compra e venda diretamente com os proprietários, sem burocracia nem taxas excessivas e maior transparência.

Fonte: Future Thinkers

Blockchain Festival