Três mitos sobre blockchain

Uma tecnologia nova e complexa nem sempre é entendida facilmente. É o que está acontecendo com o blockchain atualmente. Descubra a verdade por trás de três mitos sobre a tecnologia

11.jpg

1. Minha empresa pode esperar para aderir
Toda vez que uma nova tecnologia surge, as corporações pouco inovadoras imaginam que podem observar os resultados e aguardar que a novidade se consolide, para depois pensar em como aderir, já com os padrões devidamente estabelecidos. Nada mais falso: novas tecnologias, como a de blockchain, apresentam soluções para problemas específicos e podem significar um diferencial competitivo importante, ao mudar rotinas ineficientes, agilizar processos e gerar mais segurança e redução de custos. 


2. A computação quântica vai inutilizar o blockchain
Não necessariamente. A computação quântica vai levar as máquinas, individualmente, a capacidades inacreditáveis de processamento. Assim, um único computador quântico poderia invadir qualquer rede de blockchain. Acontece que, por enquanto, nada indica que os computadores quânticos, com toda essa capacidade, estejam perto de se tornar realidade. O que existem são protótipos muito menos poderosos.


3. Não preciso pagar nada, certo?
Não é bem assim. Por mais que alguns códigos de blockchain sejam abertos e rodem em softwares livres e de custo baixo, integrar as cadeias de blocos de dados aos sistemas em operação não é fácil nem barato. Para aderir, vai ser necessário investir em sistemas e alterar softwares e procedimentos. Isso para não falar nos investimentos em manutenção, que são muito importantes para garantir a segurança das operações.

Fonte

Blockchain Festival