Indústria da moda adere ao blockchain

Tecnologia ajuda a garantir a procedência do algodão – e, de quebra, pode ajudar na recuperação do Haiti, país que já foi um grande produtor e que agora deve se beneficiar do blockchain para retomar o negócio  

13.jpg

Toda etiqueta de roupa registra a origem daquela peça e sua composição. Mas é difícil assegurar que aquele pedacinho de pano conta a verdade de cada peça. Nem sempre é por má-fé. A indústria da moda conta com fornecedores espalhados pelo mundo inteiro e isso torna complexas a comprovação da origem e a qualidade da matéria-prima. Veja o caso do algodão. Como garantir, por exemplo, que é orgânico? O blockchain oferece uma solução, ao permitir o monitoramento de cada etapa da produção, do processamento e do transporte. É mais seguro para quem produz, vende e compra. E pode até mesmo ajudar e ressuscitar a indústria algodoeira do Haiti.

O país era um grande produtor até a década de 1970, quando um embargo aplicado pelos Estados Unidos e a corrupção interna inviabilizaram a produção. Agora, a indústria Timberland está investindo para capacitar pequenos produtores locais.

O objetivo é garantir que eles retomem a produção, baseada numa plataforma de blockchain. E assim toda a cadeia poderia ser monitorada, garantindo que os produtores locais tenham o mercado assegurado.

Não é a primeira vez que a Timberland busca desenvolver a agricultura local. Mas agora o uso da tecnologia pode acelerar a recuperação do desenvolvimento econômico do país. Se a iniciativa funcionar, a empresa promete comprar no país um terço de todo o algodão de que precisa para confeccionar as roupas que levam a sua marca.

O Haiti é apenas um dos casos de estímulo a boas práticas sustentado pela mesma tecnologia que garantiu o desenvolvimento das criptomoedas. As maiores empresas do setor estão debatendo a instalação de sistemas de conferência de toda a cadeia produtiva de algodão, da mesma forma que já está acontecendo com a exploração e distribuição de diamantes. Assim, os produtos e o consumidor poderão contar com a garantia de qualidade e procedência.

Blockchain Festival