Conheça sete empresas que estão inovando com blockchain

Com a tecnologia que deu origem às criptomoedas, muitas empresas estão criando iniciativas que vão além do ambiente financeiro. Elas atuam nas artes, no mercado de seguros e em Internet das Coisas. Conheça sete dessas empresas inovadoras. 

6.jpg

1. Ascribe
Situação: Em operação
Setor: Artes
O que faz: Usando blockchain, permite a artistas reivindicar a propriedade intelectual sobre suas obras. Os artistas podem ainda ter acesso a uma plataforma de negociação para compra e venda de obras de arte. A Ascribe permite que o autor compartilhe seu trabalho, sabendo que sua autoria estará protegida.


2. BitProof
Situação: Em operação
Setor: Jurídico
O que faz: Trata-se de um dos primeiros negócios em blockchain capaz de colocar em risco a existência dos cartórios. Oferece diferentes versões: duas gratuitas (Blocksign e OriginStamp) e uma paga, mais completa, o BitProof. Um dos primeiros clientes, a Holberton School, de São Francisco, colocou todos os certificados estudantis online utilizando a plataforma.


3. UProov
Situação: Em operação
Setores: Jurídico e Mídia
O que faz: O que a Ascribe fez pela produção artística, o UProov fornece para qualquer usuário de smartphone. Assim, se você estiver logado no aplicativo e tirar uma foto, ou produzir um vídeo, os arquivos estarão conectados ao seu nome. O UProov atesta a garantia de propriedade intelectual para fotos e vídeos produzidos por qualquer pessoa.


4. Colu
Situação: Em operação
Setor: Desenvolvimento
O que faz: Trata-se de uma ferramenta mais versátil para criar uma carteira de ativos em criptomoedas. Permite trabalhar com diferentes camadas, de acordo com o perfil do usuário e a quantidade de moedas digitais que movimenta. Também pode ser usado para vender ingressos de eventos, cartões de presentes e até títulos de propriedade.


5. Warranteer
Situação: Aberta ao público
Setores: Varejo e Seguros
O que faz: Plataforma de seguro que dá garantia a produtos e serviços. Por ter um sistema considerado mais eficiente, já chamou a atenção de empresas como LG e GoPro, que utilizam a plataforma para oferecer garantias online e seguras para vários de seus produtos.


6. Filament
Situação: Recebendo pedidos de clientes
Setor: Internet das Coisas (IoT) em grande escala
O que faz: Cria redes locais, e muito seguras, para Internet das Coisas. Assim, ao utilizar o sistema, qualquer pessoa pode interligar os aparelhos de uma casa, ou mesmo de uma fábrica, usando blockchain, de forma a garantir estabilidade e segurança na rede. No limite, todos os equipamentos elétricos públicos de uma cidade poderiam estar conectados.


7. Provenance
Situação: Em operação
Setor: Varejo
O que faz: Sistema desenvolvido para grandes cadeias de varejo, permite, por exemplo, que o cliente de uma peixaria, ao escanear um código colocado na embalagem de um pedaço de bacalhau, descubra de onde veio o peixe, quando foi pescado, quando foi distribuído e qual sua validade.

Fonte

Blockchain Festival