Como o blockchain está redefinindo o conceito de confiança

Autora inglesa especializada em tecnologia e segurança, Rachel Botsman questiona os altos gastos que temos com intermediários para que garantam a confiança nas transações. Mas o blockchain pode mudar isso

10.jpg


“O blockchain levanta uma questão muito humana, e muito importante: quanto deveríamos pagar para poder confiar uns nos outros?” A especialista em tecnologia e segurança  Rachel Botsman faz esse questionamento em seu livro From Who Can You trust? How Technology Brought Us Together and Why It Might Drive Us Apart (leia um trecho em inglês clicando aqui.

A autora inglesa continua seu raciocínio. “No ano que passou, paguei para o meu banco taxas e juros, alguns escondidos, para verificar contas e balanços para que pudesse fazer pagamentos para estranhos. Gastei milhares de dólares com advogados para que fizessem contratos, porque eu não tenho certeza de como a outra pessoa vai se comportar. Paguei meu contador para não correr o risco de passar por uma auditoria. Paguei para um corretor dezenas de milhares de dólares apenas para que fizesse a intermediação entre uma compradora em potencial e um proprietário de imóvel que estava à venda”. É um investimento pesado, diz ela, para que outras pessoas, intermediários neutros, confiram todos os passos de uma intermediação.

O blockchain, diz Rachel Botsman, pode mudar tudo isso. Afinal, é um grande livro de contabilidade, virtual, organizado em cadeias de blocos de informações. Qualquer alteração precisa ser validada pelo conjunto dos usuários. Não há intermediários, nem usuários com maiores poderes do que os outros. Por tudo isso, recentemente muitas grandes empresas de Wall Street se mostraram interessadas em desenvolver suas próprias redes de blockchain, antes que outros o façam e liderem essa revolução. 

A especialista inglesa, que foi eleita uma das pessoas mais criativas no mundo dos negócios pela Fast Company, desenvolve todo esse questionamento em uma palestra concedida ao TED

Blockchain Festival